I'm lost,I've gone to look for myself,if I should return before I get back,please ask myself to wait



Image Hosted by ImageShack.usImage Hosted by ImageShack.usImage Hosted by ImageShack.us


Protected By

Image Hosted by ImageShack.us
"He touched my heart with a thousand pleasures and broke it into million pieces."


''Ele tocou o meu coração com um milhar de prazeres e quebrou-o em milhões de pedaços. "

"Il a touché mon cœur mille plaisirs et s'est brisé en millions de pièces."

Thursday, June 9, 2011

One last cry

Chora triste a madrugada
Embalada pelos soluços da solidão
Cai a chuva em langor de calma
Em som de violinos suaves
Me relembrando deste tempo de mansidão
Oh, meu pranto silencioso
Que me alimenta a seca da minha alma
Nesta hora morta,em que a agua não me deixa dormir
Me deixando acordada na noite inteira
Se rindo em gotas brancas



Em orvalho que sonha,brinca com as plantas
Mas não me deixa cochilar
E meus olhos já estão sonolentos
Meu corpo quer adormecer
Mas nesta hora,meu peito magoado não me deixa dormir
Pois ele fica relembrando horas passadas
Gemendo e chorando
Enquanto meus olhos estão vigiando
As lágrimas que vai escorrendo
Tristes,malditas,que nunca tem sono
São soluços sufocados
Abraçando noites longas de perfumes
Onde já quem dorme são meus sonhos de criança
Em horizontes já passados.
One last cry....
Mixed with rain
!!!
..............
Rachel

13 comments:

A Palavra Mágica said...

Rachel,

Aqui hoje não chove, mas o frio que nos pegou de surpresa faz esta madrugada triste também.

Esta noite passei em claro preparando alguns trabalhos, mas para fugir do stress, tiro um tempo para visitar o seu castelo. O que temos hoje? café ou vinho?

Ah desculpe minha intromissão... não perguntei se posso ficar. Talvez você queira ficar só.
Mesmo assim passo para te dar um
beijo!

Alcides

Whispers said...

Querido Alcides,
E olha quem ainda esta acordada!
Vem,
Que aqui es sempre bem vindo.
Ja que a noite ai e fria,as minhas tem sido de chuva e tempestade.

Vou te fazer um cafe bem forte,com chocolate,para que fiques bem quentinho...hoje nao me quero embriagar...quero so a companhia do Poeta Alcides,para comigo ficar

Se te der fome...tenho um bolo de mel com canela,foi feito pelas maos da Wicca,ah,traz o Vampiro que esse vai adorar.

Mil beijos em ti,meu amigo.
E olha,te cuida,tens que tambem dormir,descansar.

Rachel

Dark Side of the Rainbow said...

Rachel,Babe
Why tears are in your eyes
I'M here holding your hand
When darkness evolves in your night
And clouds is not in sight
Don't look so sad
Don't hold bad feelings inside
At the end of the tunnel
You can see the light
I'll hold your hand
When tormented pain claws your breath
As clutches of fear writhe you apart
Don't be ashamed to cry
Baby, I've seen the dark side of you
Nothing could make me love you less
I'll always hold your hand
If you're feeling all alone
Come talk to me

Never be abandoned,forlorn and lost
Never cry silent tears in dark
You have my arm,you have my heart
I'll always hold your hand...
And never let you leave my side
The rain stopped....
The sun is shining....
Lot of kisses!
Alex

Feiticeira said...

Amiga Querida
Irmã do meu coração

Aqui no Brasil chove, faz muito frio, mas eu sinto calor, sabe pk?
Pk tenho a ti, ao Alex, ao Poeta como meus amigos, aqueles que me sustetam a vida.
Tenho tb uma boa taça de vinho rss
Te amoooooooooooooooooo
Será que amanhã podemos fazer nossos mexiricos?

Beijos minha irmã, beijos meu querido Alex

Feiticeira said...

Se o Vampiro for visita-la, todos nós, seus amigos seremos esquecidos
Mas, para que não fiequemos tristes nos deixe uma boa garrafa de vinhos e ficamos a mexiricar de vcs rss

Amo vcs

Pensador said...

Rachel, querida amiga,

Bem sei eu como às vezes as madrugadas insones podem ser tristes. Especialmente se são madrugadas de chuva fria, aquela chuvas não muito forte e nem muito fraca, que fica fazendo um barulho de gotejar nas janelas.

Muitas vezes a tempestade, por mais que seja assustadora, parece melhor que a chuva leve. A tempestade costuma ter curta duração. Mexe com os nervos, desperta a adrenalina. E, enquanto está caindo, não nos dá tempo de lembrarmos da tristeza. Afasta nossos pensamentos da lembrança da solidão. Nos distrai, de certa forma.

Hoje, aqui já não chove. Ao longo de quase todo o dia caiu uma chuva constante, dessas melancólicas, nem forte e nem fraca. Ao menos a temperatura está mais amena. Mas não aquece meu coração solitário.

Eu compreendo bem, querida amiga, o que você quis dizer nestes seus versos. Conheço, muito bem, os sentimentos.

Cada viagem da Loba parece ser pior. Cada dia sem ela, parece mais longo. O retorno tão aguardado, parece nunca acontecer, três semanas que se assemelham a uma eternidade. Esperando pela volta do meu sonho, como criança à espera da chegada do natal.

Um grande beijo, meu e do meu amor!

Feiticeira said...

Amiga

Será que rola uns mexericos hj?
Manda sms ou email marcando hora e local

Te amoooooooooooooo
Beijossssssssssss
Beijos no Alex tb, meus e não teus rss

sonia said...

Querida Rachel,

Porque a chuva intermitente e a noite fria nos traz lembranças que muitas vezes faz chorar.

De saudade, amor, ou quem sabe de não poder voltar.

Porque em certos momentos de nossa vida, tomamos caminhos obscuros, e não enxergamos antes de cairmos no abismo?

Seria maldição????

Esse foi com certeza um dos piores anos da minha vida. Fiz tudo tão errado que não dá para consertar.

E para completar meu desgosto, fiquei doente,dependente, feia, gorda.

Saudades minha querida, irmã nesse mundo imenso, e numa dessas voltas que ele dá, eu encontro voce. E lhe darei o mais apertado abraço: quem sabe o mesmo de 200 anos atrás...

beijos. sonia

Um apaixonado said...

Whispers, amada, eu lamento
Que chores pela madrugada
Com tua alma em tormento
Embalada em solidão,
Com teu peito em pesar
E, pedindo-te perdão
Pelo meu duro falar,
Eu te pergunto, querida,
Não seria essa tristeza,
A paga que lhe cobra a vida
Por não me deixares te amar?
Seria a chuva teu pranto?
Ou é, porventura o meu,
O chorar de um desprezado
Que atiraste a um canto?
Ofereço-te meu amor
Meus carinhos e cuidados
E queres a conta bancária
Para tomar-me meus trocados?
Descrevi-te como sou,
Melhor que fotografia,
Para de mim, fazeres piada
E te rires noite e dia,
Sem sequer te importares
Como eu me sentiria
E em quanto pesar eu teria.
Me fizeste tal maldade,
Foi tamanha a crueldade
Que agora, talvez, tu chores
Porque estás a pagar
Tudo que me maltrataste
Para nunca na vida deixares
Que eu pudesse te amar...

Alvaro Oliveira said...

Querida amiga Rachel

Que bom poder agora entrar em teu castelo e no choro da madrugada embalada pelos soluços da solidão, chamar teu sono e secar as lágrimas que vão escorrendo.

Sobre ti espalho perfumes,
Com as letras de meus versos,
Pelos cantos do teu castelo, dispersos.

Mil beijos em teu coração

Alvaro

A Palavra Mágica said...

Rachel,

Passo para te deixar um bom domingo.

Beijos!
Alcides

Feiticeira said...

Amiga

Agora esta semana , 5ª/6ª/sabdo/domingo, feriado por aki, manda sms e vamos nos encontrar, os mexericos e novidades de temos que conversar são muitos, não vou perdoa-la se não vier
Espero teu sms marcando lugar e hora para nosso encontro

Pede desculpas ao Alex, mas precisamos estar juntas um pouquinho ao menos

Beijinhos aos dois, amo vcs

Anjo azul said...

Minha querida amiga:
Como sempre são lindas as tuas palavras. Adorei o teu post!

Permita Deus que estejas bem.

Um abraço e mil beijinhos com a minha amizade..
Adoro-te muitooooooooo

AnjoAzul